4 de jul de 2011

Importância de segundo idioma faz crescer procura por escolas bilíngues

A preocupação com o futuro das crianças está fazendo com que muitos pais deixem de encarar o domínio de um segundo idioma como um diferencial para se tornar essencial. Para Tatiana Dorleans e Silva, diretora da escola bilíngue Maple Bear Canadian School Curitiba, na capital paranaense, a noção da importância desse ensino está se enraizando nas famílias brasileiras, que se preocupam com o futuro de seus filhos. “Se mesmo sabendo outro idioma, além do português, as pessoas encontram dificuldades para arranjar um bom emprego, sem esse domínio é ainda mais difícil”, comenta.

Os brasileiros não são os únicos que buscam cada vez mais a alfabetização bilíngue. “Recebemos ligações de pessoas que moram no exterior, estão vindo para o Brasil e querem matricular seus filhos em uma escola bilíngue. Não temos um número oficial aqui na escola, mas eu diria que entre 10% a 15% dos nossos alunos são estrangeiros”, fala Tatiana.

Valéria Pires, assistente de diretoria do Liceu Pasteur, escola paulistana que utiliza metodologia de ensino em português e francês, revela que a demanda está maior que a oferta. “Estamos recusando alunos por falta de vagas. Há uma lista de espera com cerca de 50 alunos”, comenta. Para ela, essa busca por matrículas tem aumentado, não apenas por parte de famílias francesas que estão instaladas no Brasil, mas também por famílias brasileiras. “De uma maneira geral, as pessoas procuram cada vez mais oferecer aos seus filhos o ensino bilíngue como forma de investir no futuro dessas crianças”, complementa.

A presidente da Organização das Escolas Bilíngues de São Paulo (OEBI), Ana Paula Mariutti, também revela que cresce o número de escolas que utilizam a metodologia bilíngue no País. “Infelizmente, o Brasil não possui uma estatística oficial, mas a OEBI faz uma contagem extra-oficial que aponta que existem atualmente 96 escolas bilíngues no Brasil, sendo que 56 estão localizadas somente no estado de São Paulo”, conta.

Você acha que é possível implementar a metodologia bilíngue em todas as escolas do país?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro internauta,

Os comentários aqui postados são moderados a critério do site, não sendo permitido posts com difamação, incitação à violência, preconceito e nem divulgação de links para conteúdo inapropriado.

Obrigado!