21 de dez de 2011

O outro e as nossas diferenças

Filipe Zau, professor angolano, mestre em Relações Interculturais e Ph. D em Ciências da Educação, afirma que a aquisição do bilinguismo perfeito ocorre quando o segundo idioma é adquirido paralelamente ao primeiro ou um pouco mais tarde, mas sempre na primeira infância. No artigo “O outro e as nossas diferenças”, publicado no Jornal de Angola on-line, o professor afirma que a criança que aprende a falar dois idiomas simultaneamente assimila os dois como se fossem apenas uma língua.  

Um texto interessante que discute as diferenças entre bilíngües quanto à utilização das línguas e às funções que elas cumprem dependendo das circunstâncias sociais do meio em que o indivíduo está inserido. Vale a leitura!

Confira no link http://jornaldeangola.sapo.ao/19/46/o_outro_e_as_nossas_diferencas o artigo original na íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro internauta,

Os comentários aqui postados são moderados a critério do site, não sendo permitido posts com difamação, incitação à violência, preconceito e nem divulgação de links para conteúdo inapropriado.

Obrigado!