31 de mai de 2012

De frente com o idioma desconhecido

A linguagem é um meio pelo qual todo ser humano consegue expor suas vontades, suas dificuldades e, em sua essência, comunicar-se com outras pessoas. No entanto, quando em contato com uma cultura e idioma desconhecido, fazer essas atividades antes naturais, torna-se um pouco mais complicado. Como as pessoas podem lidar com esse choque de cultura, ainda mais quando se é mais jovem?

Em casos de transferências de estrangeiros para o Brasil, por exemplo, é comum que a família do funcionário o acompanhe na mudança. O próprio colaborador, às vezes, não se sente confortável com tantas regras gramaticais do português e, com as crianças, isso pode ser ainda pior. Além disso, há grandes chances de os pequenos já falarem dois idiomas e, na mudança, ter que aprender um terceiro, até então distante da realidade dos menores. Neste caso, tornar-se trilíngue poderia ser ainda mais complicado, mas Jardel Pedrosa, docente do Centro de Idiomas da Faculdade Pitágoras, discorda. “Em um caso como esse, acho que a introdução do terceiro idioma facilita o aprendizado, pois a criança já percebeu um mecanismo diferente de comunicação e a capacidade de uma nova forma de fazer entender”, ressalta.

Para ele, é mais prático para a criança fazer interferências no processo de aprendizagem, pois as comparações passam a ser mais naturais, resultando em um ensino e, consequentemente, aprendizado, mais efetivos. “Para isso, é necessário um bom preparo dos professores e demais funcionários da instituição para trazer o ensino do idioma o mais próximo possível da realidade da criança, levando em conta todo o conhecimento prévio e vivência”, adverte Pedrosa.

Independentemente se for o segundo ou o terceiro idioma, o professor dá a dica para que o ensino seja mais natural. “Explorar o lado lúdico do idioma e amenizar as cobranças excessivas, transformando o aprendizado em prazer, é de suma importância. Um bom acolhimento faz com que a criança passe a ter confiança e se solte cada vez mais”, finaliza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro internauta,

Os comentários aqui postados são moderados a critério do site, não sendo permitido posts com difamação, incitação à violência, preconceito e nem divulgação de links para conteúdo inapropriado.

Obrigado!