28 de mai de 2012

Para não deixar o inglês de lado

Aprender um segundo idioma é uma tarefa que requer prática, dedicação e principalmente vivência em situações de uso real da língua. Por esta razão, nas escolas Maple Bear, os alunos, a partir dos dois anos de idade, vivem uma experiência de imersão na segunda língua, sendo estimulados diariamente a pensar, raciocinar e se comunicar em inglês.

Mesmo assim, é importante que as atividades realizadas na escola não sejam interrompidas do portão para fora. Os pais, neste cenário, desempenham um papel importante para ajudar seus filhos a ampliarem de maneira mais eficaz o que eles aprenderam enquanto estavam em sala de aula. O sucesso, aliás, não depende de horas de dedicação em casa. Com atividades divertidas de curta duração, as crianças aprendem a ter mais gosto por aprender – e, na equação, todos saem ganhando.

Mesmo com uma rotina agitada, a presença dos pais é essencial para o desenvolvimento das crianças. Para Keity Queiroz Lioi, diretora pedagógica da Maple Bear São Bernardo do Campo, os pais têm papel importante no processo de aprendizagem e formação de sua identidade. “Uma vez que eles participam e se interessam pelas atividades desenvolvidas pelo filho na escola, o aluno se torna emocionalmente seguro e feliz, motivando-o nos estudos e facilitando o aprendizado”, ressalta.

Praticando em casa

Nenhum pai precisa falar com fluência o inglês para contribuir na educação dos filhos que estudam em escolas bilíngues. “Os pais podem colocar os filhos para assistir desenhos em inglês, fazer leituras de livros infantis, perguntar sobre o enredo ou palavras que conhece ou pedir para contar o que ele fez na escola”, afirma Keity.

Além disso, a diretora comenta que, durante um passeio de carro, por exemplo, as brincadeiras e atividades também têm o seu espaço. “Os pais podem brincar com a criança, pedindo para ela encontrar carros de determinadas cores, explicar as cores do semáforo e soletrar placas de carros, inclusive os números, em inglês”, sugere.

Em casa, até a hora do banho ou do jantar pode ser aproveitada para aprender. “Peça para que a criança nomeie os brinquedos em inglês e invente alguma história no banho. Na hora da refeição, use estrutura simples e repetitivas, como ‘would you like?’ (você gostaria?), ‘no, thanks’ (não, obrigado) e ‘yes, please’ (sim, por favor). Isso ajuda bastante”, sugere a diretora.

No entanto, é necessário que os pais entendam e respeitem o tempo dos filhos, cuidando para que eles se sintam à vontade. “Os responsáveis devem encarar essas tarefas como algo prazeroso e sem muitas cobranças, não forçando uma situação em que o filho ainda não está preparado para desenvolver no momento”, conclui.

2 comentários:

  1. Meu filho esta ha apenas 3 meses na Maple, mas ja pede p assistir desenho em ingles, pois diz ser "tao lindo" e a noite tenho q ler a historia em ingles e portugues. Qd leio em ingles, tento dar enfase a expressoes mais basicas e no nosso dia a dia sempre peco e pergunto coisas mais simples nesta lingua. Ele responde em portugues, mas eh prazeroso saber q entende o q falo. Tem a penas 4 anos, mas acreditona sua evolucao com o passar do tempo.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Beth!

    Obrigada por dividir com a gente a sua experiência. É muito bacana ver que você participa da educação do seu filho e que isso está se refletindo no sucesso dele! Parabéns!

    Abraços,
    Equipe do Blog Ensino Bilíngue

    ResponderExcluir

Caro internauta,

Os comentários aqui postados são moderados a critério do site, não sendo permitido posts com difamação, incitação à violência, preconceito e nem divulgação de links para conteúdo inapropriado.

Obrigado!