7 de jun de 2012

Universidade bilíngue no Brasil

Falar um segundo idioma hoje em dia é praticamente fundamental para quem deseja ingressar no mercado de trabalho. Seja inglês, espanhol ou qualquer outra língua estrangeira, o profissional bilíngue, em comparação com outros candidatos, tem muito mais chances durante sua colocação no mercado.

Mais do que estudar o ensino fundamental ou médio em escolas bilíngues, agora também já é possível manter o multiculturalismo e o bilinguismo nos bancos da universidade. Embora ainda seja novidade no país, a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), no Paraná, já nasceu com essas características. Hoje reúne alunos não só brasileiros, mas de todo o Mercosul, além da Bolívia, Peru, Chile, Equador e Nicarágua.

“Vivemos em uma sociedade multicultural, por isso trabalhar em uma perspectiva intercultural, abordando temas como a diversidade, faz com que o aluno não só reproduza, mas reflita o como e o porquê das relações internacionais serem como são”, ressalta Diana Pereira, coordenadora do curso de Letras, Artes e Mediações Culturais da universidade.

Para ela, tais conceitos contribuem para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa, em todos os níveis de relação: social, educacional, econômica etc. “Pensar e refletir sobre sociedades multiculturais é ajudar a promover uma cultura de paz, de integração e de entendimento mútuo”, complementa. 

Além disso, os benefícios de se estudar em uma universidade bilíngue inclui ter o contato com colegas e professores de diferentes partes do mundo. Para Laura Amato, professora de línguas da universidade, além de se aprender outro idioma, no caso o espanhol, os estudantes relacionam-se com diferentes perspectivas, culturas, línguas e origens. “O melhor disso tudo é que esse cenário se concretiza em um ambiente acadêmico, cercado de pesquisa, reflexão e aplicação”, observa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro internauta,

Os comentários aqui postados são moderados a critério do site, não sendo permitido posts com difamação, incitação à violência, preconceito e nem divulgação de links para conteúdo inapropriado.

Obrigado!