30 de ago de 2012

Profissão bilíngue: Tradutor


Hoje, o conhecimento da língua inglesa é muito importante para qualquer profissional. Porém, em algumas áreas, a perfeita fluência no segundo idioma é essencial. Para apresentar as várias profissões ligadas ao bilinguismo, iniciamos hoje uma série especial do Blog Ensino Bilíngue. E a primeira é a do Tradutor. Confira!

Roberto Ranieri é tradutor e intérprete. Ele acredita que se não tivesse contato com o inglês desde pequeno, não teria conseguido sucesso na carreira escolhida. “Meus avós são americanos e, apesar de morarem no Brasil há muitos anos, ainda se comunicam na língua inglesa. Quando pequeno, eu me interessei pelo vocabulário diferente que eles usavam e acabei aprendendo a falar o idioma para poder conversar naquela língua também”, conta.

Ranieri começou a fazer aulas de inglês aos dez anos de idade, mas, nesta época, já falava e entendia o idioma com facilidade. As aulas foram muito importantes para que o então aluno pudesse aprender regras gramaticais e a escrita.

Da infância para a vida

Por estar sempre em contato com os dois idiomas ao mesmo tempo, aos 18 anos, Ranieri escolheu a profissão que seguiria. “Minha mãe e meus irmão não falavam inglês direito e eu adorava traduzir conversas secretas de meus avós para eles. Não tive dúvidas, tinha certeza que gostaria de trabalhar com os dois idiomas no meu dia a dia, então escolhi tradução e interpretação para cursar na faculdade”, diz.

Hoje, ele trabalha principalmente com tradução simultânea ao vivo em palestras e eventos. A profissão também consiste em tradução de documentos, textos, contratos, publicações e legendas de filmes e programas de televisão. “Meu trabalho exige um alto nível de concentração, mas, acima de tudo, o fundamental é ter muito domínio nos dois idiomas que utilizo – inglês e português. Sem isso, não teria condições de trabalhar em minha área”, ressalta.

Além de tradutor, outras profissões que podem ser consideradas bilíngues são: diplomata, hoteleiro, professor de inglês e correspondente internacional. Complementando, profissionais diversos que trabalham em multinacionais ou com relações internacionais e comércio exterior também precisam saber dois idiomas. “No mundo globalizado em que vivemos todas as profissões já são bilíngues”, comenta Ranieri.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro internauta,

Os comentários aqui postados são moderados a critério do site, não sendo permitido posts com difamação, incitação à violência, preconceito e nem divulgação de links para conteúdo inapropriado.

Obrigado!