23 de ago de 2012

Somos todos bilíngues



Pen drive, coquetel, happy hour, bife, feedback, drible, deletar e xerocar. Não precisa ser bilíngue para estar bem familiarizado com estas palavras e expressões. Mas você sabia que o seu uso tão frequente em nosso dia a dia é resultado do estrangeirismo ou peregrinismo?

Trata-se do uso de palavras ou expressões estrangeiras em vez da correspondente em nossa língua. Rosana Feldman, professora de linguagem da Universidade de São Paulo (USP), explica que muito do estrangeirismo é usado apenas por vício de linguagem, mas que algumas palavras estrangeiras já fazem parte até do nosso dicionário, como bife, coquetel e driblar – todas de origem inglesa.

A professora conta que a mania de utilizar palavras de outros idiomas começou como um empréstimo. “Não tínhamos expressões atribuídas a certas situações ou até mesmo objetos e pegamos as palavras emprestadas. Isso aconteceu lá nos anos 1.500, mas com a nossa relação cada vez mais frequente com outras línguas, é comum que cada vez mais tenhamos palavras estrangeiras no nosso vocabulário”, diz. Isso significa que nossa mania de usar termos em outros idiomas não é típica da globalização. Mas, por conta desse processo, cada vez mais teremos influência de outras línguas, principalmente a inglesa.

Rosana acredita que a língua portuguesa não está sendo afetada pelo estrangeirismo, mas sim enriquecida. “O inglês é o idioma universal, temos contato com ele a todo o momento e, cada vez mais, conhecemos crianças e adultos bilíngues. Este fenômeno influencia o impacto que a língua tem em nosso cotidiano. Certamente teremos mais expressões americanas presentes no nosso dicionário daqui para frente, pois importamos de outros países o que precisamos e gostamos, inclusive palavras”, afirma.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro internauta,

Os comentários aqui postados são moderados a critério do site, não sendo permitido posts com difamação, incitação à violência, preconceito e nem divulgação de links para conteúdo inapropriado.

Obrigado!